JUDÔ

adulto e infantil

Judô é um estilo de arte marcial esportiva de origem japonesa. Como uma técnica de defesa pessoal, o judô destina-se não apenas ao desenvolvimento físico do judoca (praticante do judô), mas também o seu espírito e mente.

MUAY THAI

Muay Thai é uma arte marcial originária da Tailândia - também conhecida como Boxe Tailandês. Esta disciplina física e mental que inclui golpes de combate em pé, é conhecida como "a arte das oito armas", pois caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, estando associada a uma boa preparação física que a torna uma luta de contato total bastante eficiente.

AIKIDÔ

Aikidô é uma arte marcial japonesa desenvolvida pelo mestre Morihei Ueshiba com o objetivo de defesa. O aikido é exercido através da combinação de movimentos atacantes, redirecionando a força adversária, ao invés de combatê-la diretamente.

SANSHOU

Sanshou, muito conhecida como Boxe-Chinês, é uma forma chinesa moderna de combate corpo-a-corpo. Possui semelhanças com o Kickboxing, mas tem como característica principal as quedas e arremessos ao solo.

KUNG-FU

O Kung Fu é a mais antiga de todas as artes marciais. Originaria da China, a arte marcial é composta por um conjunto de técnicas técnicas básicas ou avançadas, que combina chutes, ataques perigosos, força das pernas e nos saltos, além de serem caracterizadas por movimentos são rápidos e poderosos.

KARATÊ

O Karatê é uma arte marcial japonesa. O repertório técnico da arte marcial abrange, principalmente, golpes contundentes, como: pontapés, socos e joelhadas. Além disso, técnicas de projeção, como imobilização e bloqueios, também são ensinados.

JIU-JITSU

O Jiu-Jitsu é uma arte marcial japonesa que utiliza técnicas de golpes de alavancas, torções e pressões para derrubar e dominar um oponente. A arte marcial usa de todo o corpo como instrumento de combate e pretende ainda beneficiar-se do oponente também, utilizando sua energia e seu próprio corpo, por intermédio de projeções e imobilização.

GINÁSTICA ARTÍSTICA

Exigem força, agilidade, flexibilidade, equilíbrio, controle e coordenação motora. 

São abundantes os movimentos que podem ser realizados pelo atleta durante suas apresentações na ginástica artística. A variação se dá tanto no solo, quanto nos demais aparelhos. No entanto, tais movimentos possuem apenas duas variantes: longitudinal - girar em volta de si mesmo - as piruetas; e transversal - de movimento, o mortais. Baseado nisso, seus elementos foram chamados de técnicos, em vista dos intensos treinamentos para se atingir a perfeição da execução dos elementos ginásticos e acrobáticos